Siga-nos

MARMITAÇO: um grito contra a fome em Florianópolis

MARMITAÇO: um grito contra a fome em Florianópolis

O Brasil convive com a fome: mais de 19 milhões de brasileiras e brasileiros, crianças, jovens, adultos, idosos passam por insegurança alimentar extrema; mais de 116 milhões, não têm acesso pleno e permanente à alimentação (1), o que representa a maioria da população do país.

Filas para receber ossos, pessoas garimpando restos em caminhões de lixo são sinais inequívocos de degradação; consumo excessivo de produtos de baixo ou nenhum valor nutricional, como artigos industrializados e doces, para citar alguns, engendram a miséria alimentar e nutricional.

A redução do auxílio emergencial, seja nominalmente, seja pela corrosão inflacionária, ou a sua extinção agrava ainda mais o problema, diante da falta de políticas públicas compensatórias e de governos que deixam os empobrecidos e os explorados abandonados aos seus próprios destinos, iludidos, para roubar-lhes os votos, a dignidade e a vida; diante, ainda, de uma ordem social que se parece mais com um “campo de batalha do interesse privado individual de todos contra todos” (3), em que o mais forte, quem já tem muito, fica com tudo.

Voltando o olhar para os empobrecidos, o Papa Francisco instituiu o Dia dos Pobres, afirmando que é necessária uma abordagem diferente da pobreza, sendo “um desafio que os governos e as instituições mundiais precisam de perfilhar, com um modelo social clarividente, capaz de enfrentar as novas formas de pobreza que invadem o mundo e marcarão de maneira decisiva as próximas décadas”. O líder católico também aponta que “se os pobres são colocados à margem, como se fossem os culpados da sua condição, então o próprio conceito de democracia é posto em crise e fracassa toda e qualquer política social”.

Participando das mobilizações pelo Dia Mundial dos Pobres, a Rede Com a Rua está organizando um MARMITAÇO no centro de Florianópolis e convida todas as pessoas, grupos, coletivos, entidades a se unirem pela solidariedade e pela luta por políticas públicas e, em especial, pela instalação do RESTAURANTE POPULAR PÚBLICO DE FLORIANÓPOLIS.

Junte-se a nós nessa mobilização!

Entre em contato e manifeste o seu apoio e a intenção de participar do ato:

– E-mail: [email protected]

– WhatsApp: (48)99130-7886

– Site: redecomarua.org.br